segunda-feira, 28 de março de 2016

Workshop de Figura Humana com Marcos Beccari

Neste final de semana participei do Workshop de Figura Humana, ministrado pelo artista Marcos Beccari, no Plein Air Studio, aqui em São Paulo. Eu já seguia o trabalho dele há um tempo, sempre impressionada pela qualidade, e principalmente pelos seus famosos "desfocados", e quando fiquei sabendo que ele faria um workshop por aqui, eu corri pra me inscrever (da última vez, fiquei sabendo tarde e as vagas já tinham se esgotado). Pra quem já tem certa familiridade com aquarela, eu super recomendo esse curso, porque eu aprendi muita coisa, e é sempre ótimo ter alguém pra te guiar durante o processo.


O workshop durou dois dias, sendo que no primeiro teve demonstrações e alguns exercícios de aplicação das técnicas, e no segundo dia teve uma parte teórica e modelo-vivo, o que nos forçou a ter agilidade e a soltar o traço. Ou seja, foi um intensivão de aquarela e praticamos muuuuito.





O Beccari foi muito didático e atensioso, e eu matei a saudade de voltar a estudar. Eu acho que esse tipo de ambiente é sempre motivador e nos força a sair da zona de conforto, que era o que eu estava buscando mesmo.


E no final do curso, colocamos todos nosso trabalhos na parede pra apreciação, e então fizemos uma pequena análise dos resultados. Alguns trabalhos gostei mais que outros, e apesar do realismo não ser exatamente meu objetivo, eu acho que é bom "voltar atrás" e estudar um pouco de academicismo pra poder aplicar tudo o que eu aprendi nos meus trabalhos futuros.




Eu já tinha quase me esquecido como era gostoso ser aluno. Acho que tudo isso apenas me leva a pensar o quanto preciso voltar a estudar, quem sabe fazer um curso mais longo de aquarela, não sei.

Saldo do curso: Muitas aquarelas, retratos, e o meu azul quase esgotado! Percebi que papel 100% algodão é um pequeno milagre (e caro, tsc). Conheci a Luiza Aguiar, minha companheira de eventos! Nos encontramos no curso por acaso... esse mundo é mesmo pequeno né? xD



.......


Pra não perder nenhuma postagem, basta assinar a Newsletter alí no menu da esquerda! ;D


Me acompanhe também:



quarta-feira, 23 de março de 2016

Como estudar aquarela sem sair de casa



Muita gente me pergunta, então decidi fazer um post pra ajudar as pessoas que querem estudar aquarela sem sair de casa. Devo dizer que aquarela não é uma técnica simples, e muitas vezes você demora pra se dar conta de como fazer alguma técnica, mesmo assistindo outra pessoa fazer. Digo isso por conta própria pois boa parte dos meus estudos eu faço por conta, e foi só nos ultimos meses que decidi investir em cursos presenciais de aquarela, pois senti que precisava de mais bagagem. Como sei que nem todo mundo tem acesso a este cursos, seja pela distância, seja pelo valor (sim, esses cursos são meio caros mesmo) acho que esse post deve ser útil.

Ah! E se você está se perguntando se esse post é só pra aquarela, na verdade os passos a seguir podem ser aplicados em qualquer tipo de aprendizado que esteja buscando, ok?

Então vamos lá!

1. Procure por tutoriais online

Pode parecer meio óbvio, mas a internet tem muuuuuuito material legal e melhor: gratuito! A maneira mais simples é pesquisar o que você quer no Google e no Youtube, porque eles tem ótimos mecanismos de pesquisa. E se você fica chateado porque a maioria dos tutoriais são em inglês, a boa notícia é que vários artistas brasileiros estão dedicando seu tempo em montar tutoriais e compartilhar seus conhecimentos. Confesso que ainda somos uma comunidade tímida, mas estamos crescendo.

A parte chata de procurar por tutoriais aparentemente "aleatórios" é que fica faltando um direcionamento e é fácil cair na frustração de não conseguir avançar nas técnicas, e eu recomendo este método pra quem realmente não pode pagar por aulas ou pra quem quer complementar seus estudos em casa.

Dica: Conheça o blog da Ju Rabelo que dá dica ótimas de aquarela, o canal do Crás Editora que é super completo e tem todo tipo de informação sobre desenho e pintura no geral, e aqui no meu blog mesmo tem um índice com todos os Tutoriais que já fiz.

2. Acompanhe seus artistas preferidos nas redes sociais

Essa é uma boa forma de estar sempre por dentro do que está sendo produzido e ainda por cima trocar ideia com seus artistas preferidos. Nem todos tem tempo ou se dispõem a responder seus seguidores, mas não custa tentar, não é mesmo? Um bom feedback ou uma palavra de incentivo fazem toda a diferença e nos colocam pra frente. É por causa disso que mesmo vivendo essa vida louca cheia de projetos sempre tiro um tempo pra responder os comentários nas minhas redes.

Dica:  Confira também o post Artistas Inspiradores no Youtube para conhecer os artistas que me inspiram.

3. Faça cursos ou aulas particulares online

Vai chegar em determinado momento que você realmente vai sentir a necessidade de ter uma aula com alguém que entende do assunto, pra tirar suas dúvidas e apontar algum caminho. Nesse caso, fique de olho pois alguns artistas tem blog, onde compartilham passo-a-passos e outras curiosidades sobre o processo de produção, e até mesmo acabam oferecendo cursos mais acessíveis.

Dica: A Sabrina Eras, que é super reconhecida pelo seu trabalho em aquarela lançou recentemente um curso online, então fica a dica pra quem é de longe. A Oficina Online de Ilustração, da Amanda Mol, que pelo que entendi, é um curso mais amplo sobre criatividade. 

Se você se pergunta se euzinha aqui ofereço esse tipo de curso ou aula, a resposta é: SIM!! Visite o menu Cursos pra tirar suas dúvidas.


4. Compre video-aulas

A grana não está dando pra um curso modular, mas sobrou uns trocados pra investir em alguma coisa, o que fazer? Bom, existem alguns tutoriais ou video-aulas que você pode comprar pela internet e receber o link para o download do material. O Gumroad é um site que vende vídeo-tutorial por preços (teoricamente) acessíveis. Digo teoricamente pois tem material por 5 ou 10 dólares, que é barato se a gente não faz a conversão pro podre do real. A parte chata é que é um site gringo e a maioria do material é em inglês.

Dica: O artista americano James Gurney tem uma video-aula chamada "Watercolor in the Wild" onde mostra o processo de suas pinturas além de dar dicas valiosas. Esse eu comprei por 15 dólares e vale MUITO a pena!!

Segue abaixo o trailer do Watercolor in the Wild (e depois pega pra assistir outros vídeos do canal, porque tem muita coisa interessante).



5. Pratique um pouco todos os dias

É como sempre digo, não existe segredo pra ser um bom artista. É preciso praticar, praticar, praticar! Sem isso, é impossível progredir. Se me perguntam em quanto tempo ficarão realmente bons, eu digo: não tem como saber! Algumas pessoas aprendem mais rápido que outras, e cada um tem seu próprio tempo, o que torna difícil estimar. Sei que esse passo pode parecer impossível de cumprir, já que a maioria das pessoas tem vidas tão corridas e não sobra tempo pra mais nada. Estou falando de uma hora, meia hora, 15 minutinhos, todos os dias, pegue pra praticar um pouquinho. Quando ver, no final de um mês estará melhor que no começo, e no final de um ano, a diferença será bem nítida.

Se eu fosse indicar um livro seria...

"Oficina de Aquarela: o passo a passo até o sucesso" da editora AC (comprei na A Casa do Artista) é um livro ótimo e super completo, desde introdução a aquarela, materiais, estudos e passo-a-passo de ilustrações. É ótimo como complemento, pois acho difícil aprender aquarela do zero apenas através de livros. Um vídeo é capaz de mostrar detalhes que se perdem em imagens estáticas, entendem?


A minha dica final é: estude inglês.

Estou deixando esta dica à parte porque ela não influencia diretamente nos seus estudos em casa, mas pode ter certeza de que irá abrir seus horizontes e irá te trazer mais possibilidades. Não estou tentando ser arrongante porque sei que nem todos tiveram acesso ao inglês na escola, e essa também não é uma questão de consumo, pois também acredito que devemos incentivar a produção de conteúdo nacional. Acho que é uma questão de ser realista e investir em si mesmo, porque muito do que aprendi na internet foi porque eu sabia inglês, e sem isso, eu poderia estar pastando até agora. Como artista, é meu dever me conectar com os artistas do mundo todo, e então poder trazer pra vocês um material produzido por mim e inteiramente em português. O que não podemos fazer é nos contentar com o que temos, mesmo que seja insuficiente; precisamos ir atrás de respostas, não importa onde estejam.

Dica: No site Duolingo você pode aprender inglês e outras línguas gratuitamente.

Bom, espero realmente que este post seja útil pra vocês e se tiverem outra sugestão de material, curso ou site que ajude nos estudos em casa, deixem nos comentários!!


.......


Pra não perder nenhuma postagem, basta assinar a Newsletter alí no menu da esquerda! ;D


Me acompanhe também:


terça-feira, 22 de março de 2016

Como usar máscara para aquarela


Depois de algumas tentativas frustradas de usar máscara para aquarela da marca Corfix, eu decidi tentar essa da Pébeo que eu vi no blog da Ju Rabelo. Ela prometia ser mais líquida e não ter cheiro nenhum, o que parecia ótimo, porque achei a da Corfix muito pastosa e chata de usar. Comprei essa na loja Fruto de Arte, por um preço bem acessível (por ser bem líquida, ela deve render bem e durar bastante), e olha, estou adorando!


Mais um exemplo de desenho que fiz usando a máscara:


Agora confiram o tutorial de como usar máscara de aquarela que preparei especialmente pra vocês! Depois me contem a experiência de vocês com esse material =)



.......


Pra não perder nenhuma postagem, basta assinar a Newsletter alí no menu da esquerda! ;D


Me acompanhe também:



segunda-feira, 21 de março de 2016

Workshop de Retrato em Aquarela [19/03/2016]

Sim! Mais um workshop aqui no blog. Já cansaram de mim?

Bom, o Workshop de Retrato em Aquarela é completamente novo e teve sua primeira edição neste último sábado. Eu estudei muito e planejei ele com muito carinho, pois foi meu primeiro curso mais avançado (nível intermediário) e tive em sala tanto alunos que fizeram os outros cursos quanto alunos que não fizeram - pra esses rolou uma avaliação de portfolio pra saber se a pessoa aproveitaria bem a aula, já que era preciso ter alguns pré-requisitos. No geral, eu gostei bastante. Eu finalmente consegui trabalhar as técnicas que costumo usar nos meus trabalhos, tanto quanto outros tipos de materiais, como lápis de cor, máscara para aquarela, caneta... Pra saber mais sobre este curso e outros, acesse o menu Cursos.


Fizemos dois trabalhos principais: Estudo monocromático e estudo colorido usando referência. Acho esse passo importantíssimo antes de partir pro objetivo final, que é trazer as técnicas aprendidas pra um estilo mais próprio. Eu queria ter tido mais tempo pra trabalhar essa última parte, e pode ser que aconteça um reajuste nesse workshop quanto ao tempo, porque 4h ficou apertado pra o que eu propus. De qualquer forma, acho que deu pra sentir como funciona.






O mais legal de tudo foi poder acompanhar alguns dos alunos que fizeram mais de um ou todos os workshops da agenda. Cada um deles evoluiu de uma forma bem visível, tanto no desenho quanto na técnica de aquarela, e é ótimo ver isso acontecer, pois quer dizer que de certa forma estou no caminho certo. Isso com certeza me deixa mais confiante da minha didática e das minhas propostas, tanto quanto feliz de poder fazer parte da vida dos meus alunos e orgulhosa de desempenho deles. Eu me lembro da pequena Mary, que ainda criança ensinava o irmão mais novo a ler e escrever na lousa do quintal de casa. Quem diria que no final das contas eu acabaria seguindo este caminho que sempre esteve latente em mim. x)


Um muito obrigada novamente a todos que participaram dos meus workshops, pela confiança em mim. Nos veremos em cursos futuros hein!!


.......


Pra não perder nenhuma postagem, basta assinar a Newsletter alí no menu da esquerda! ;D


Me acompanhe também:



quinta-feira, 17 de março de 2016

Treino nosso de cada dia




Desde que comecei a dar workshops em meados do ano passado, eu decidi que precisava também desenvolver minhas técnicas, principalmente de aquarela. Desde então tenho me dedicado, comprado tutoriais na internetz e feito cursos para me aperfeiçoar. Acho importante que mesmo tendo um estilo diferente, a gente pratique algumas técnicas clássicas pra poder dominar certo material, e realmente isso tem feito diferença nos meus resultados.



Esta foi minha primeira paisagem com aquarela da qual me orgulhei (fiz vários outros testes sem sucesso). Reparei que eu era péssima com cenários e nunca tinha praticado o bastante. Sempre bom sair da zona de conforto...



Natureza morta também está na lista de coisas legais pra treinar.



Pele negra é tão difícil de acertar, mas acho que estou pegando o jeito! Rs..



Chegou a hora dos retratos realistas! Como estamos perto do Workshop de Retrato em Aquarela, peguei pra treinar pesado nessa ultima semana, e tenho ficado bem contente com o resultado. Ele mostra o quanto aprendi nos ultimos meses... Aqui comecei com um retrato monocromático.



E aqui parti pro colorido. É tão difícil trabalhar com luz e sombra e diferença de tonalidades quando tem mais de uma cor envolvida.



Pra terminar, apliquei as técnicas aprendidas num estilo próprio. Acho que esse processo exemplifica a necessidade de trabalharmos primeiro com base em teorias clássicas para depois descontruirmos a técnica e usá-las a nosso favor.

Gostaram desse post? Em breve um post para ajudá-los a estudar aquarela sem sair de casa. Não esqueçam de deixar dicas e sugestões de posts nos comentários.


.......


Pra não perder nenhuma postagem, basta assinar a Newsletter alí no menu da esquerda! ;D


Me acompanhe também:


quarta-feira, 16 de março de 2016

Inscrições abertas para o Workshop de Aquarela Online



O primeiro workshop de aquarela para iniciantes online foi tão lindo que decidi abrir mais uma nova turma pro comecinho de Abril. Não é preciso saber desenhar ou pintar, e não tem nenhum pré-requisito! Basta ter vontade de aprender! x)

Abaixo algumas informações sobre o curso:





As inscrições estão sendo feitas agora direto pelo sistema da minha loja online. As vagas são limitadas por isso garantam a sua! =D



Qualquer dúvida mandem e-mail para marycagninstore@gmail.com


.......


Pra não perder nenhuma postagem, basta assinar a Newsletter alí no menu da esquerda! ;D


Me acompanhe também:



sábado, 12 de março de 2016

Testando Copic Markers



Semana passada eu recebi minhas novas Copic Markers, que comprei na loja Dezaina, que é a revendedora oficial da Copic (quem tava tendo dificuldade de encontrar nas lojas?!). Eu só tinha testado uma até então, e foi quando descobri o pequeno milagre que é essa caneta. Eu já tinha testando outros marcadores, da Magic Color (não é ponta pincel) e Tombow (que eu tô usando pra treinar caligrafia) mas nenhuma delas funciona com diferença de pressão e uso de camadas de preenchimento, dando essa impressão de que você está dando "multiply" na sua pintura (pros entendendedores de Photoshop). Além disso, também dá pra fazer uma espécie de degradé entre duas cores. Mas eu acho que só testando pra entender de fato o que estou querendo dizer.

Cores:BV20, BV23, BV29, G000, R14, YR23 

Foi nessa onda que decidi comprar uma pequena paleta de cores que combinasse entre si, mesmo sendo poucas, porque né, essas canetas são beeeem carinhas! Eu paguei R$19 em cada uma da linha Ciao, e a Sketch está R$27. A diferença está na quantidade de tinta, que vem menos na Ciao, por isso é mais barata e não tem todas as cores da Sketch oferece. Mas acho que vale a pena comprar a mais barata pra testar, porque pelo menos você consegue levar mais cores pelo mesmo valor de investimento, além do que você sempre pode comprar o refil. O problema mesmo das Copics é que pra fazer uma pintura legal você vai precisar de tons diferentes, pra fazer luz e sombra. Isso acaba sendo um ponto negativo porque nem sempre você pode investir em novas cores, né? Isso me dificultou um pouco na hora de pintar, mas acho que também falta um pouco de prática. De qualquer forma são ótimas canetas e dá pra pintar pontualmente caso tenha poucas cores, sem se preocupar com luz e sombra (ou você pode comprar o kit com tons de cinza e ser feliz).




Os personagens que desenhei são do meu quadrinho Black Silence, que você pode conferir no menu Quadrinhos.

.......


Pra não perder nenhuma postagem, basta assinar a Newsletter alí no menu da esquerda! ;D


Me acompanhe também:



quinta-feira, 10 de março de 2016

TAG: Descobrindo novos blogs

Fui taggeada pela Bruna Morgan, e decidi fazer esse post um pouco diferente pra descontrair!

Regras:


❤ Agradecer a indicação colocando o nome e o Blog da pessoa que te indicou.
❤ Responder as perguntas abaixo.
❤ Indicar ate 10 blogueiros para responderem a TAG e avisá-los do convite.
❤ Formular 10 perguntas para os blogueiros responderem.
❤ Deixar o link da TAG respondida no comentário.

Perguntas que recebi:

01. O que você pretende realizar nesse ano?
Eu realmente gostaria de montar meu próprio ateliê, que é algo que depende de um investimento financeiro relativamente alto, principalmente quando se leva em consideração que o aluguel em São Paulo é exorbitante e quase impraticável. De qualquer forma estou confiante e trabalhando duro pra conseguir realizar meu pequeno sonho x)

02. Como você lida com o bloqueio criativo?
Já tive épocas que isso me estressava muito mas hoje em dia, por trabalhar com arte, eu tenho mais facilidade pra lidar com bloqueio, mesmo porque tenho prazos. Para projetos pessoais, aprendi a não me cobrar demais e deixar o tempo resolver.

03. Quais são as cinco coisas que você mais ama no mundo?
Arte, aquarela, minha família, meu namorado e meus gatos xD

04. Qual foi a sua maior conquista?
Minha maior conquista foi obter reconhecimento pelo meu trabalho, principalmente pelo meu canal do Youtube que cresce cada vez mais.

05. Qual é o seu livro favorito?
"Desejo e Reparação" do Ian McEwan. Puta livro, e puta adaptação pro cinema. Amo os dois igualmente e com muita intensidade #aloka

06. Qual é a sua citação favorita?
“Eu jamais iria para a fogueira por uma opinião minha, afinal, não tenho certeza alguma. Porém, eu iria pelo direito de ter e mudar de opinião, quantas vezes eu quisesse.” F. Nietzsche

07. Tem alguma superstição?
Eu tenho mais manias que superstições em si. A pior mania deve ser a de querer que tudo seja do meu jeito hahaha.

08. O que você gosta de fazer sozinha em casa? 
Assistir séries, ouvir música alta, gravar vídeos, desenhar, ficar pelada...

09. Como você se vê daqui 5 anos?
Espero que esteja na minha própria casa, estabelecida financeiramente, que tenha conhecido muitos lugares do mundo, e que continue fazendo o que eu amo, que é arte.

10. Existe algum lugar do mundo que você sonha em conhecer?
Não existe algum lugar específico que eu queira conhecer mais que outros, mas eu diria que o mais próximo disso é o Egito. Tem uma coisa que chega a ser meio mágica sobre lugares onde grandes civilizações viveram. Eu fico imaginando aquelas pessoas caminhando por aquele mesmo lugar há milhares de anos atrás: o que pensavam, quais eram seus sonhos? Foi a mesma sensação que tive andando por Machu Picchu. x)

Minhas perguntas:

01. Filme favorito?
02. Série favorita?
03. Livro favorito?
04. Artista favorito?
05. Lugar favorito?
06. Comida favorita?
07. Um sonho?
08. Um arrependimento?
09. Se você fosse um animal, qual seria e por quê?
10. Um desejo para o futuro?

Blogs que Indico:
(tentei escolher os blogs que ainda não responderam essa tag xD)


E todo mundo que quiser participar! Não esqueçam de deixar o link pro post de vocês! ;D


.......


Pra não perder nenhuma postagem, basta assinar a Newsletter alí no menu da esquerda! ;D


Me acompanhe também:



terça-feira, 8 de março de 2016

Especial Dia Internacional da Mulher


Esse ano decidi fazer algo diferente. Decidi homenagear as mulheres fazendo um TOP 5 de personagens femininas fodas da ficção. Num mundo em que a maioria das personagens femininas estão renegadas ao posto de acessório e coadjuvante, acho justo contar aqui quais são as personagens que realmente acredito terem representatividade feminina, e também das quais me identifico.

Por mais personagens femininas fodas, que nos representem como mulheres e como pessoas. Que respeitem a adversidade, que sejam inspiradoras e donas de si mesmas.

Digo isso não só como leitora, mas como autora, pois já faz um tempo que sinto uma responsabilidade moral e artística de criar personagens  que fujam do padrão estético e psicológico vigente. Foi assim com a Juno (Vidas Imperfeitas) e agora com Black Silence - pra quem não sabe, sou autora desses dois quadrinhos. Para saber mais ou ler online acesse o menu Quadrinhos.

Um feliz Dia Internacional das Mulheres pra você que está aí assistindo e em especial se você é mulher e artista. x)


E aí, que outras personagens vocês adicionariam a lista?!


.......


Pra não perder nenhuma postagem, basta assinar a Newsletter alí no menu da esquerda! ;D


Me acompanhe também:



domingo, 6 de março de 2016

Juno Drawing Speed Painting



Essas ultimas semanas tenho postado muitos vídeos (yaaaay!) mas estou demorando pra atualizar o blog com todo esse conteúdo (sorry...). Nesse speed da Juno eu quis fazer algo diferente, mostrando todo o processo do desenho até a arte final, porque geralmente eu foco na arte final e sei que é legal ver também todo o processo de concepção do desenho em si. Também é sempre ótimo revisitar meus antigos personagens. Dessa vez imaginei uma Juno jovem adulta, mas ainda com um toque de descolada rebeldia hahaha. Pra quem não sabe, Juno é a protagonista do meu quadrinho Vidas Imperfeitas, que você pode ler online ou comprar a coleção completa na lojinha.




E aí curtiram desse tipo de vídeo? Gostariam de ver mais por aqui? Deixem sugestões nos comentários ;D

.......


Pra não perder nenhuma postagem, basta assinar a Newsletter alí no menu da esquerda! ;D


Me acompanhe também:



quinta-feira, 3 de março de 2016

Vidas Imperfeitas está de volta à lojinha!



Pra quem ainda não sabe, sou autora do quadrinho Vidas Imperfeitas, que foi lançado pela editora HQM em três volumes. Este quadrinho começou como fanzine lá em 2009, era publicado de forma independente e eu costumava ir vender em eventos.

Tudo começou com a criação da personagem Juno. Eu queria uma personagem que fosse diferente da maioria das protagonistas. Queria alguém de personalidade forte, sem medo de encarar as pessoas de frente; alguém que fosse agressivo o suficiente para bater em alguém sem sentir remorso, e ao mesmo tempo tivesse grande sensibilidade. Foi assim que a Juno surgiu. Aguém forte por fora, mas com suas imperfeições por dentro.



O enredo de Vidas Imperfeitas veio naturalmente. Com a idéia da personagem principal formada, moldei uma história de vida pra ela, que também envolviam as pessoas que vivam ao seu redor. Achei interessante também o fato de alguém se interessar por ela, porque a maioria das pessoas tinham medo dela e/ou não a conheciam direito. Essa pessoa também seria capaz de mexer com o emocional dela, fazendo ela se sentir meio perdida nestes sentimentos. Daniel parecia perfeito para o papel, porque ele é adorável naturalmente, cativante e simpático. É raro vê-lo mal humorado.




Como podem ver, costumo falar dos meus personagens como se fossem pessoas de verdade, mas é que no fundo, sinto como se eles fossem mesmo; e eu como autora seria apenas um "meio" para torna-los reais através de histórias em quadrinhos. Quando comecei a escrever e desenhar esta história, estava saindo da adolescência, mas existem coisas nela que ainda são vivas dentro de mim. As relações e amizades durante o Ensino Médio, as problemáticas familiares e os conflitos interiores. Não vejo o enredo como apenas algo "colegial", mas humano em geral. Todos já passaram por essa fase, e aposto que ainda vivem consequências deste tempo.




O texto é predominantemente leve, sensível e enfoca o emocional dos personagens. Gosto de misturar cenas de comédia, romance, drama, um pouco de ação e algumas cenas mais densas e profundas (como aquelas em que problemas sérios aparecem e precisam ser resolvidos). Quanto à arte, o primeiro volume em especial foi todo finalizado à grafite (como na imagem acima) mas as outras passam por um processo de produção à nanquim, com traços à caneta e retículas adicionadas no Photoshop.

O melhor sobre o Vidas, é que eu estava apenas começando esta jornada dos quadrinhos, ainda não tinha experiência, e ele pode não ter sido perfeito... mas o que realmente é?


Se interessou pela história? Você poder ler online no menu Quadrinhos.




.......


Pra não perder nenhuma postagem, basta assinar a Newsletter alí no menu da esquerda! ;D


Me acompanhe também:



terça-feira, 1 de março de 2016

Workshop de Anatomia com Doug Erbert [27/02/2016]


Sábado passado rolou o primeiro workshop em parceria com o Doug, que foi o de anatomia humana. Eu participei do workshop também como ouvinte, e o resultado foi bem legal. O Doug deu dicas valiosas e o mais importante é descobrir o jeito certo de estudar anatomia, principalmente se você tem alguma dificuldade, e depois disso o estudo fica até mais simples. Vamos continuar mantendo esse curso nas próximas agendas de curso, junto com os de aquarela e retrato. Conversando com essa turma, pedimos que eles enviassem sugestões para outros workshops também, assim vamos nos organizando e criando sempre algo novo e bacana pra vocês. Vocês também podem sugerir deixando nos comentários! =D






Muito obrigada a todos que participaram! Espero que tenham aproveitado bem e espero por vocês nos próximos cursos! =D

.......


Confiram as próximas datas na agenda:

05/03/2016 - Workshop de Retrato

19/03/2016 - Workshop de Retrato em Aquarela

09 e 10/03/2016 - Workshop de Aquarela para iniciantes ONLINE *vagas esgotadas*

Saiba mais aqui. Inscreva-se: marycagninworkshop@gmail.com


.......


Pra não perder nenhuma postagem, basta assinar a Newsletter alí no menu da esquerda! ;D


Me acompanhe também: